Skytree Em Tokyo

O que falar de Tokyo gente? Lá tem tantas coisas, tantas possibilidades… impossível não ficar abestalhada naquele lugar.

Hoje vou mostrar para vocês um pouco da Skytree:

Esta é a altura no ponto mais alto do TOKYO SKYTREE. Ao considerar a altura de uma torre que devia ser a torre mais alta do mundo e um símbolo para a região, foi escolhido 634 m. O número “634” é um número fácil de lembrar, pois pode ser lido como “Musashi”, que é uma palavra muito familiar para os japoneses. Também é uma reminiscência da Província de Musashi, que é o antigo nome da grande região que abrangeu parte de Tóquio, Saitama e Kanagawa.

Este é o número de dias da criaçao da estrutura desde o início (7/14/2008) até o final (2/29/2012) de construção para TOKYO SKYTREE.

O pico de 634 m foi alcançado apenas uma semana após o Terremoto do Grande Oriente Japão (18 de março de 2011 às 13h34).

O número de escadas do 1º andar para o Tembo Deck (andar 340) é 1.929. Do Tembo Deck ao TEMBO GALLERIA (Piso 445), existem 594 escadas, para um total de 2.523 escadas.

Este é o peso total da estrutura de aço da torre, incluindo o deck de observação. Este é o equivalente a 200 Jumbo Jets, que cada um pesa 180 toneladas.

Este é o número aproximado de pessoas que podem caber no TOKYO SKYTREE Tembo Deck e TEMBO GALLERIA. O Tembo Deck pode armazenar cerca de 2.000 pessoas e o TEMBO GALLERIA pode armazenar aproximadamente 900.

**Informações retiradas do site da Skytree.

Bom, filmei um pouquinho pra vocês e vou deixar o link do site para maiores informações: http://www.tokyo-skytree.jp/en/event/special/manga-design/sp/

Agora fiquem com o vídeo😘😘😘

Anúncios

Yokohama City

Quando visitei Yokohama pela primeira vez, o primeiro pensamento que tive foi que moraria fácil aqui.  O segundo foi que essa cidade é a mais linda que a vida me permitiu conhecer! 

14992437724_0f811e8067_z

Localização

Ao lado de Tokyo e a apenas 79km do gigante Monte Fuji, Yokohama é completa tanto em localização quanto em diversidade cultural.

Você está por aqui e bateu aquela vontade de saborear um churrasco brasileiro? Em Yokohama tem!

Um kbab feito diretamente das mãos de um turco? Tem também!

Ou quem sabe uma deliciosa macarronada da mama? Aqui tem!

Além de cafés, bares e deliciosos hamburgueres originalmente americano, opções gastrônomicas não faltam.

Yokohama é bela porque aqui tem arte, tem cultura, tem história.

É a maior cidade independente do Japão.  Possui o maior porto, detém a maior concentração comercial da Grande Tokyo e o seu prédio mais alto é o Yokohama Ladmark Tower.

Como é viver em Yokohama?

Eu sou aquela turista que quer morar em todo lugar que conhece. Para mim não basta ir até os pontos turísticos e tirar uma foto, eu quero mais.

Eu quero saber do que aquele povo vive? Do que se alimentam? O que vestem? Como vestem? O que fazem nas horas vagas?

E aí meu amor, lá vai a Juliana se mudar de novo!

Por isso, hoje escolho com cautela, os lugares que vou conhecer🙈

Muitas brincadeiras a parte, vamos falar sério agora e contar um pouco sobre a cidade.

Como é a saúde em Yokohama para estrangeiros?

Como é uma cidade que abriga muitos estrangeiros, por aqui é possível encontrar clínicas e hospitais que atendem em inglês.

Tem a Clínica Bluff, que faz atendimento de clínica geral e odontologia.

E o Hospital Keyu, que tem várias especialidades.

Ambos atendem em inglês.

Educação e trabalho
Yohoma é a cidade que mais abriga escolas internacionais depois de Tokyo. Foi uma das razões que me fizeram mudar para cá. A opção de cursos de língua japonesa também é grande.

No quesito trabalho, depende do que você procura, por aqui pode ter mais ofertas. Exemplo: se você busca algo na área comercial ou escritório, Yokohama tem bastante opções.

Para área industrial eu indico Tsurumi, que é um subdistrito de Yokohama onde as opções para indústrias são bem grandes.

Yokohama com filhos
Ser estrangeiro em um país onde você ainda não domina o idioma, e quando esse país é o Japão, as coisas podem se complicar um pouco se você mora em uma região onde não tem muitos estrangeiros.

Como já citei, Yokohama é uma cidade que abriga estrangeiros de diversas partes do mundo, o que me deixa em uma situação mais confortável para arriscar.

Os japoneses são extremamente educados e quando ocorre a junção de educação + maior receptividade, fica uma maravilha.

Aqui é ótimo para morar com crianças porque o melhor do Japão está aqui: cultura, lazer, bons médicos, segurança e nativos mais receptivos a você.

Transporte Público
Eu fico sem palavras para e expressar o quanto o transporte público daqui funciona.

Em todos os pontos de ônibus você vai encontrar tabela de horários. E o ônibus realmente vai passar no horário indicado! Você paga a condução logo na entrada para uma maquininha inteligente. E se você não tiver trocado, não será um problema, porque a maquininha calcula o valor e devolve seu troco. Não há cobradores nos ônibus!

Outra forma de pagar o bus ou trem, é com cartão pré pago. Muito comum o uso desse tipo de cartão por aqui.

Preciso falar sobre o trem?

No Brasil eu sempre associei trem a pobreza, porque vamos combinar que trem no Brasil só tem em lugar top ne? Pelo menos em Sao Paulo era assim até alguns anos atras. Hoje vem mudando para a nossa sorte, mas até lá, vou restringir meus comentários somente aos trens do Japão.

A educação aqui é surreal, e ainda bem, ela contagia! Aqui para entrar no trem, você forma uma fila na lateral da porta, espera o último passageiro sair. E aí você entra!
Mas e aí, como utilizar o transporte público se você não sabe japonês?

Google maps, meu amor!

Ele te dá o tempo de percurso, opções de transporte e horário. Eu amo a tecnologia!!

O que fazer em Yokohama?

Aqui é uma cidade onde o lazer não tem fim, mas se você veio a turismo, vou listar os principais pontos turísticos que você não pode deixar de visitar!

Minato Mirai

Grande concentração comercial, shoppings e hotéis.  É aqui que você  também encontra o famoso Cosmo World Amusement Park.

Minato Mirai é um lugar onde você poderá passar vários dias e não ficará entediado.

China Town

Autêntico bairro chinês, com muita variedade de pratos típicos e diversas lojinhas de souvenirs.  É tudo muito bem organizado.  Um verdadeiro pedacinho da China no Japão.

Landmark Tower

Com 296 metros de altura e uma área de quase 400 mil metros, esse é o prédio mais alto de Yokohama.

4060689930_3b53f70aff_o

Red Brick

Lindo edifício do sec. 19, que funciona hoje como centro cultural e comercial.  São dois edifícios, onde o primeiro é utilizado para exposições culturais e o segundo abriga um grande shopping center e uma galeria de restaurantes.

15847658615_5e3bf5dd09_z

Museu do Cup Noodles

Além de conhecer a historia do surgimento do primeiro macarrão instantâneo, você pode fazer o seu.  Desde a massa até a personalização do copo.

O museu conta com uma área infantil muito divertida e com restaurante próprio, onde é vendido macarrão do mundo todo e tem até sorvete de cup noodles.

10017804575_77d43ed5e3_z
E aí, ficou com vontade de conhecer?

Some content on this page was disabled on April 20, 2019 as a result of a DMCA takedown notice from Sami Hurmerinta. You can learn more about the DMCA here:

https://en.support.wordpress.com/copyright-and-the-dmca/

Museu do Cup Noodles

8970721581_1b184968ba_z

Ando Momofuku e  a arte de inspirar.

Quando optei por este tema, era pra ser um texto sobre dicas do que fazer no Japão, mais precisamente em Yokohama, onde está localizado o museu.  Mas a história do museu é tão inspiradora, que jamais poderia deixar de compartilhar.

A receita do  cup noodles foi criada pelo empresário tawanês-japonês, Ando Momofuku, fundador da empresa Nissin.

12027956116_04ffb4c823_z

Durante a 2ª Guerra Mundial, Ando Momofuku observava por horas as pessoas pegando filas para comprar Lamen nas ruas, popularmente conhecido no Brasil como macarrão instantâneo. E assim, fazerem suas refeições, mesmo no inverno gelado do Japão.

Desde então, o Sr. Momofuku passou a pensar em como seria possível melhorar a vida dessas pessoas, de forma que elas pudessem fazer esse tipo de refeição dentro de seus lares, de uma forma prática e a um preço acessível.

Após testar muitas receitas e ter muitos fracassos, finalmente, em 1958,  Ando Momofuku fez sua primeira receita de sucesso, que passou a ser vendida como Chikin Ramen (miojo de frango).

27399798_1819262021419319_1082344139_n
Primeiros macarrões instantâneos de 1958.

Alguns anos mais tarde, Ando Momofuku sentiu necessidade de compartilhar sua idéia com o mundo e decidiu fazer uma viagem aos Estados Unidos.

Chegando lá, Momofuku percebeu que os costumes ocidentais eram diferentes e ele não poderia exportar seus produtos em suas embalagens originais.  Pois seria difícil fazer com que os ocidentais se adaptassem a comer de “palitinhos”.   Foi então, quando avistou um jovem com seu copo enorme de refrigerante e segurando-o com apenas uma mão, que Momofuku teve outra idéia!

Ele projetou gandes copos de poliestireno para seu macarrão.  O alimento já vinha pronto e só necessitava de água quente e repouso para poder ser consumido.

Como já descrevi no início do texto, a idéia inicial era apenas compartilhar informações turísticas.  Porém desde que visitei esse lugar e pude conhecer sua história, saí de lá tão inspirada que precisava compartilhar com o maior número de pessoas possíveis.

O Sr. Ando Momofuku não só teve uma idéia brilhante, mas nos mostra como o ato de fracassar é importante para que possamos alcançar o sucesso.

Ando Momofuku ainda faz uma analogia, ao final de sua história que diz o seguinte:

“Uma floresta não é feita de apenas um tipo de árvore e um mundo não é feito de apenas uma idéia.  O mundo precisa de idéias.  Essa é a nossa evolução.  Se você tem uma idéia, compartilhe”.

12363662384_8ebaa14ca6_z

Tome nota:

Se você está turistando ou mora por aqui, é um excelente passeio e vale a pena conhecer.

O museu é pequeno, mas a história é grandiosa!  Além disso, você pode fazer o seu próprio lámen e personalizar o seu copo.

E se você tem filhos, o museu conta com uma estrutura muito legal para crianças.  Com uma fábrica de macarrão em forma de brinquedo, cada sessão da produção é uma brincadeira divertida para a criança.

Meus filhos amaram, se divertiram muito, e a família inteira curtiu o passeio.

IMG_0111.jpg
Copo e ingredientes personalizados.

E não deixe de provar o sorvete de cup noodles e tire suas próprias conclusões sobre o sabor!!

Para informações sobre valores e como chegar, é só clicar no link do site, https://www.cupnoodles-museum.jp/en/yokohama/

Hello Kitty, a gatinha que fala com o coração.

11928240874_bab6aea8f9_n

Porque a Hello Kitty não tem boca?

Porque ela fala com o coração, explica a detentora da marca, Sanrio.

A Hello Kitty é a gatinha mais famosa do mundo, e por trás dessa fofura, existem várias histórias.  Mas a que vou contar aqui, provavelmente é a verdadeira…

Shintajiru Tsuji

Shintajiru Tsuji foi o primeiro idealizador da gatinha.  Após perder sua mãe, Shintajiru passou a viver com seus familiares e teve uma infância triste.  Ele frequentou um jardim de infância administrado por um missionário canadense e viu pela primeira vez o costume de aniversários, que tradicionalmente não eram celebrados no Japão. Ele decidiu que um dia ele usaria sua empresa para promover a cultura da entrega de presentes. E foi aí que tudo começou…

Criação da Hello Kitty

A Hello Kitty foi criada originalmente pela designer da Sanrio, Yuko Shimizu, em 1974. Shimizu deixou a companhia aproximadamente um ano depois. A segunda designer, Setsuko Yonekubo, assumiu por cinco anos até 1980, quando essa tarefa foi dada a Yuko Yamaguchi, que ainda está à frente do trabalho.

9875598495_7b46434d1f_n

A Hello Kitty recebeu um nome inglês porque as culturas norte-americana e britânica eram populares entre as garotas japonesas na época da sua criação. 

O universo ficcional da Hello Kitty inclui uma gama de amigos e familiares, como sua irmã gêmea Mimmy (que usa o lacinho na outra orelha). Desde 2004 ela possui até sua própria gata de estimação chamada Charmmy Kitty, e um hamster chamado Sugar. Charmmy se assemelha a Hello Kitty, mas tem atributos que a tornam mais parecida com um gato. Charmmy Kitty foi dada a Hello Kitty por seu pai, George White, e Sugar lhe foi dado por seu namorado, Daniel.

“Hello Kitty representa a inocência e a sinceridade da infância e a simplicidade do mundo”, diz Helen McCarthy, autora e especialista em animação e quadrinhos japoneses. “Mulheres e meninas de todo o mundo estão felizes em comprar a imagem da infância confiante e amorosa em um bairro seguro que o Hello Kitty representa. Elas não querem deixar essa imagem se perderem a medida  que crescem, elas colecionam Hello Kitty por saudade nostálgica – como se, mantendo um objeto simbólico, elas possam de alguma forma manter um fragmento de seu eu na infância “.

3054600963_79eeabee1d_m

E agora, embora originalmente concebido como um personagem que atraia meninas pré-adolescentes, a Hello Kitty não é mais considerada apenas para crianças. Juntamente com os gostos da Coca-Cola e da Nike, ela se tornou um fenômeno da marca.

Seu rosto largo, branco e ligeiramente questionador primeiro adornava uma bolsa de moeda de plástico transparente, que vendia por atacado por 240 ienes (£ 1,17). Agora você pode comprar quase qualquer coisa marcada com a marca Hello Kitty, incluindo toalhas, lápis, roupas, artigos de papelaria e estojos de celular, vendidos em mais de 60 países.

20786098_959e26af54_n

Universal Studios Japan e Hello Kitty

No Universal Studios do Japão também é possível se encontrar com essa gatinha.  Tem um espaço maravilhoso da personagem.

É uma verdadeira viagem de volta a infância e o primeiro impulso que tive foi de me jogar no chão e pedir pra minha mãe comprar tudo! Eu quero! Eu quero! Eu quero!  Claro que não fiz isso, porque já tenho 34 anos, precisava dar exemplo aos meus filhos e a minha mãe também não estava lá!

ccs

16672357696_b15329a56a_k

Cafés e lojas temáticas

Por diversos países é possível se deliciar em um incrível café temático ou encontrar lojas com artigos dessa gatinha que conquistou o mundo inteiro!

9403404216_8979d39c23_z

Hoje em dia você pode comprar tudo o que imaginar com o tema. Desde brinquedos a jóias.  Basta visitar uma loja da Sanrio.

Mas cuidado! É impossível entrar na loja e sair sem comprar nada.  Mantenha o alerta de fofura ligado e boas compras!!

 

Swarovski-Hello-Kitty-Red-Bow-5135946-W600

Fontes: Independent , Wikipedia

 

Okinawa, o caribe do Japão

Hoje eu vou falar de uma parte do Japão muito famosa entre os japoneses, mas que só agora está ganhando popularidade internacional. Esse lugar fica na pontinha do Japao, uma ilha bem pequena, chamada Okinawa!

De belezas exuberantes, comida boa e clima muito parecido com nosso nordeste brasileiro, Okinawa não cansa de encantar as pessoas que por ali passam.

Água cristalina, praias limpas e pessoas gentis, fazem de Okinawa o ponto turístico mais cobiçado do Japão.

Sua capital, Naha é muito receptiva e lá você tem várias opçoes de comidas diferentes.   No centro você encontra várias lojas de souvenirs super legais.

IMG_646811

Como eu disse, a comida por lá é realmente muito peculiar e um dos pratos mais famosos é o Taco Raice, que é uma fusão da comida japonesa e chinesa cujos os ingredientes são arroz acompanhado de carne moída levemente apimentada, salada verde e tacos.  É realmente muito saboroso.  Outro prato típico lá são os feitos a base de batata roxa.  No restaurante serviram de entrada uma sopa roxa (gelada!), na primeira colherada eu estranhei, mas depois foi ficando gostoso e eu acabei pedindo dessa sopinha quase todos os dias em que estive lá.

No centro de Okinawa você também encontra uma Vila Americana. Como muitas bases militares americanas estão localizadas na área, o tema americano ajuda os militares a matarem um pouco da saudade de casa.

A Vila Americana se assemelha a um grande centro comercial com muitas lojas, restaurantes e cafés.  Sua marca registrada é uma grande roda-gigantes que a noite fica iluminada.  A vila americana fica a 15km da cidade de Naha, capital de Okinawa.

A província de Okinawa nada mais é do que ilhas dentro de ilhas, formando um verdadeiro show na natureza.  Além da ilha de Okinawa, nós conhecemos também a ilha de Iejima, outro espetáculo que meus olhos não cansam de contemplar.

Para ir até Iejima foi necessário pegar uma balsa no porto de Motobu.  São mais ou menos 30 minutos de balsa. No  dia em que fui,  o mar tava brabo e a balsa chacoalhou bastante, então uma dica é você levar um dramin na bolsa.  Eu passei muito mal, porém valeu cada segundo!

Na volta, nós passamos pelo Okinawa Churaumi Aquarium o famoso aquário de  Okinawa e o 2º maior do mundo!

Esse aquário é sem dúvida o mais espetacular que já vi.

Se você estiver passeando pelo Japão, ou se mora aqui, não deixe de visitar esse lugar de água cristalina, clima quente e receptivo. Você com certeza sairá de lá muito mais feliz!

Quando meu filho aprenderá a ler?

23805702_1745702762108579_247503916_nA segunda pergunta que mais escuto de amigos e parentes é,  quando meu filho vai aprender a falar?

E a primeira é, quando meu filho aprenderá a ler?.

É normal que os pais tenham essa ansiedade, assim como ansiavam pelas primeiras palavras do bebê ou pelos primeiros passos. Quando a criança atinge a idade escolar, os pais logo anseiam por seu desenvolvimento na leitura e na escrita.

Mas vamos com calma!  Primeiro, quero lembrá-los que cada criança possui o seu próprio ritmo de desenvolvimento e se ela lerá rápido ou demorará um pouco mais, dependerá também dos estímulos que ela receber.

Como estimular a criança?

O primeiro passo para a leitura é a oralidade.  Pense em você como adulto aprendendo um novo idioma:  nós lemos para ter vocabulario e aprender a conversar certo?  Quando se é criança, acontece o inverso, ela tem que escutar, para obter vocabulário, aprender a falar e por último a ler e escrever.   Por isso, se você quer que seu filho tenha um bom desenvolvimento, menos televisão e mais conversa!   Fazendo isso, você terá a oportunidade de conhecer mais seu filho e descobrir a criança incrível que ela é!

É importante também  que desde muito cedo, a criança seja estimulada com livros e letras.  Você não precisa ter um acervo imenso de livros e nem jogos e mais jogos de letras em EVA, mas é importante que você leia para a criança e a insira no universo das palavras sempre que puder.

Como a criança aprende em cada fase?

A criança amadurece de forma diferente em cada fase, e com isso o seu desenvolvimento cognitivo e motor vai ficando cada vez melhor.  Vale lembrar que essa fase de alfabetização é um conjunto de desenvolvimento e a criança não deve ser forçada ou receber estímulos demais.  Tudo a seu tempo, certo?

Aos 3 anos

Gostam de ouvir historinhas.  É aquela fase do,  conta de novo?

Nessa fase a criança já tenta imitar a letra do adulto e é capaz de fazer formas e desenhos com traços firmes.

4 a 5 anos

Já é capaz de reconhecer e escrever seu próprio nome.  Nessa fase a criança escreve cartinhas e bilhetes com as letras que conhecem e já representam bem o que querem dizer através dos desenhos.

6 a 7 anos

A criança já é capaz de escrever com erros ortográficos e caminha para a convencionalidade da escrita.

Nessa fase, é mais importante estimulá-los e deixar o papel da correção para a escola.

8 e 9 anos

Nessa fase a criança já é capaz de ler e escrever corretamente.  É capaz de escrever cartas, bilhetes e redações quase com perfeição, cometendo apenas pequenos erros de pontuação e ortografia, podendo confundir ainda letras que possuem o mesmo som como x e ch, s,ss e c, z e s.   Para superar essa deficiência de escrita a criança deverá ler e ler sempre que possível.

A criança aprende brincando

Alfabetizar a criança é papel fundamental da escola, mas ela não deve ser a única protagonista na vida do seu filho.

A criança sente na família a segurança que precisa para progredir sempre.

Mas não é só isso!  A criança aprende mesmo, brincando!

Estimular a criança através de jogos e brincadeira e uma leitura gostosa em família, fará com que ela crie memórias de felicidade e encontrará no aprendizado o estímulo para a vida toda!

Afinal,  aprender é divertido!!!