Adaptação das crianças ao Japão

Desde que chegamos aqui, muitas pessoas me perguntam como foi a adaptação das crianças aqui no Japão.

E adianto que não foi nada fácil!!

Nos passamos por diversos problemas, mas quem me acompanha nas redes sociais né, consegue imaginar isso né?

Talvez porque as redes sociais seja o nosso canto da felicidade e a parte de esconder os problemas, mas a adaptação não só das crianças, mas da família no geral, foi gradativa. Fomos nós moldando ao país e tentando melhorar o que dava!

Só que para responder a pergunta de vocês de como foi a bendita adaptação dos meus filhos aqui, nós achamos que seria mais legal contar através de vídeo!

Então, como vocês já sabem, é só clicar na imagem e irão direto pro vídeo!

Muitos beijos e até o próximo blog, Vlog, vídeo….

Anúncios

Skytree Em Tokyo

O que falar de Tokyo gente? Lá tem tantas coisas, tantas possibilidades… impossível não ficar abestalhada naquele lugar.

Hoje vou mostrar para vocês um pouco da Skytree:

Esta é a altura no ponto mais alto do TOKYO SKYTREE. Ao considerar a altura de uma torre que devia ser a torre mais alta do mundo e um símbolo para a região, foi escolhido 634 m. O número “634” é um número fácil de lembrar, pois pode ser lido como “Musashi”, que é uma palavra muito familiar para os japoneses. Também é uma reminiscência da Província de Musashi, que é o antigo nome da grande região que abrangeu parte de Tóquio, Saitama e Kanagawa.

Este é o número de dias da criaçao da estrutura desde o início (7/14/2008) até o final (2/29/2012) de construção para TOKYO SKYTREE.

O pico de 634 m foi alcançado apenas uma semana após o Terremoto do Grande Oriente Japão (18 de março de 2011 às 13h34).

O número de escadas do 1º andar para o Tembo Deck (andar 340) é 1.929. Do Tembo Deck ao TEMBO GALLERIA (Piso 445), existem 594 escadas, para um total de 2.523 escadas.

Este é o peso total da estrutura de aço da torre, incluindo o deck de observação. Este é o equivalente a 200 Jumbo Jets, que cada um pesa 180 toneladas.

Este é o número aproximado de pessoas que podem caber no TOKYO SKYTREE Tembo Deck e TEMBO GALLERIA. O Tembo Deck pode armazenar cerca de 2.000 pessoas e o TEMBO GALLERIA pode armazenar aproximadamente 900.

**Informações retiradas do site da Skytree.

Bom, filmei um pouquinho pra vocês e vou deixar o link do site para maiores informações: http://www.tokyo-skytree.jp/en/event/special/manga-design/sp/

Agora fiquem com o vídeo😘😘😘

Como são as lojas de doces no Japao?

Quem nunca teve a curiosidade ou a vontade de conhecer outro país?

Eu sempre fui mega curiosa e gosto de saber tim tim por tim tim de cada coisa diferente de cada país. Uma das coisas que mais gosto é observar as pessoas e seus costumes. Por isso amo morar em lugares diferentes.

Morando no Japão, gosto de fazer coisas e programas de japoneses.

Gosto de fingir ser uma pessoa diferente.

Ah quem não gosta de vez ou outra fingir ser o que não é?

Nesse vídeo que vou mostrar, fingi ser uma mãe japonesa muito rica e muito legal que compra varios doces para seus filhos.

Foi tipo assim: escolham o que quiserem, que hoje eu pago! SQN!!!

Meus filhos recebem mesada semanal e eles guardaram o dinheirinho para irem nessa lojinha de doces para poderem gravar um vídeo e mostrarem como são os docinhos daqui.

Cada um gastou 15 reais, e o que eles compraram, vocês podem conferir nos vídeos abaixo.

Sao dois vídeos, basta clicar nas fotos que vocês serão direcionados ao YouTube.

Beijos e até o próximo post!

Uma Youtuber iniciante

IMG_3405.jpgO que é ser um youtuber iniciante?

Para assistir o vídeo, clique no link: Youtuber Iniciante

Ser um youtuber iniciante é gravar vídeos preocupados em como você fará a edição;

É não ter dinheiro para uma câmera boa e nem para comprar bons editores;

Ser youtuber iniciante é não saber editar vídeos direito!

É ver os thumbnails dos outros canais e morrer de inveja.

É pensar,  como eles fazem pra ficar tão legal?

É postar cada vídeo pensando no que seus familiares e amigos vão pensar, afinal são apenas eles que te assistem.

Ser youtuber iniciante é querer que seu vídeo viralize, para que você ganhe dinheiro e fique muito famoso;

É imaginar os vídeos que você fará de recebidos, só que por enquanto, você não recebe nada, nem likes!

Ser youtuber iniciante é descobrir que você precisa ter 1000 inscritos e 4 mil horas de visualizações de vídeos para poder entrar no páreo.

E aí você pensa, é fácil!

Só que logo descobre que não é, quando passa uma semana e você ainda só tem 9 inscritos.

Ser youtuber é aprender uma coisa nova todos os dias sobre edição

Ser youtuber é aprender a fracassar e também a não desistir

Porque afinal de contas você já sabe que toda história de sucesso começa com grandes fracassos e já que disso você  entende,  está a meio caminho andado!

Esse texto eu fiz só para avisar que estou criando um canal.

Então  cliquem aqui , para assistir aos meus primeiros videos de teste.

Se inscrevam, ativem o sininho e me ajudem a divulgar.

Comentem o que vocês gostariam de saber ou ver sobre o Japão que eu vou correr atrás para mostrar!!

Beijos no coração e fiquem com esse vídeo que fiz com o maior carinho!!!

Mudanças

2005916906_16bef3191a_z

Eu adoro mudanças, elas sempre vem cheias de novidades e esperanças.

Renovação, recomeço.

Novas chances e oportunidades.

Nessa minha meia vida, eu já me mudei um bocado de vezes.

Eu já me mudei algumas vezes dentro de São Paulo, já morei no interior, já morei no Amazonas e em Sergipe.  E agora moro no Japão.

E embora as vezes seja um pouco cansativo, na verdade eu amo me mudar!

Se eu pudesse eu me mudaria ao menos uma vez ao ano.

E se não tivesse filhos, talvez duas.

São tantos lugares para conhecer, tantas pessoas para encontrar.

As vezes tenho a sensação de que preciso viver mil vidas ainda nesta vida.

Eu quero ser tudo, eu quero ver tudo, eu quero desbravar o mundo!

Mas em meio a tantas mudanças, eu também mudei!

Eu mudei minha forma de amar,

Minha forma de pensar,

Mudei meu estilo, meu corpo, meu cabelo

Minha aparência também mudou

Mas o que mais mudou mesmo, foram os meus valores.

Hoje eu não vejo mais a cor da pele, ou o formato dos olhos ou a cor do cabelo,

Eu enxergo apenas a  pessoa.

Eu não reparo mais na bolsa que alguém carrega, ou o tênis que ela tá usando.

E muito menos no carro que a pessoa tem.

Eu reparo mesmo é na sua trajetória, na sua história, no que ela tem pra me mostrar, me oferecer, me ensinar.

E quanto aos meus bens materiais?

Como carrego na mudança?

Bom, eu junto o que dá em caixas, o resto na mala…

Mas o mais importante, eu carrego no meu coração!

E embora, as vezes solitária

Mudar me faz pensar e também valorizar

As amizades que fiz, as pessoas que encontrei,

A família que nasci, e a família que criei!

Yokohama City

Quando visitei Yokohama pela primeira vez, o primeiro pensamento que tive foi que moraria fácil aqui.  O segundo foi que essa cidade é a mais linda que a vida me permitiu conhecer! 

14992437724_0f811e8067_z

Localização

Ao lado de Tokyo e a apenas 79km do gigante Monte Fuji, Yokohama é completa tanto em localização quanto em diversidade cultural.

Você está por aqui e bateu aquela vontade de saborear um churrasco brasileiro? Em Yokohama tem!

Um kbab feito diretamente das mãos de um turco? Tem também!

Ou quem sabe uma deliciosa macarronada da mama? Aqui tem!

Além de cafés, bares e deliciosos hamburgueres originalmente americano, opções gastrônomicas não faltam.

Yokohama é bela porque aqui tem arte, tem cultura, tem história.

É a maior cidade independente do Japão.  Possui o maior porto, detém a maior concentração comercial da Grande Tokyo e o seu prédio mais alto é o Yokohama Ladmark Tower.

Como é viver em Yokohama?

Eu sou aquela turista que quer morar em todo lugar que conhece. Para mim não basta ir até os pontos turísticos e tirar uma foto, eu quero mais.

Eu quero saber do que aquele povo vive? Do que se alimentam? O que vestem? Como vestem? O que fazem nas horas vagas?

E aí meu amor, lá vai a Juliana se mudar de novo!

Por isso, hoje escolho com cautela, os lugares que vou conhecer🙈

Muitas brincadeiras a parte, vamos falar sério agora e contar um pouco sobre a cidade.

Como é a saúde em Yokohama para estrangeiros?

Como é uma cidade que abriga muitos estrangeiros, por aqui é possível encontrar clínicas e hospitais que atendem em inglês.

Tem a Clínica Bluff, que faz atendimento de clínica geral e odontologia.

E o Hospital Keyu, que tem várias especialidades.

Ambos atendem em inglês.

Educação e trabalho
Yohoma é a cidade que mais abriga escolas internacionais depois de Tokyo. Foi uma das razões que me fizeram mudar para cá. A opção de cursos de língua japonesa também é grande.

No quesito trabalho, depende do que você procura, por aqui pode ter mais ofertas. Exemplo: se você busca algo na área comercial ou escritório, Yokohama tem bastante opções.

Para área industrial eu indico Tsurumi, que é um subdistrito de Yokohama onde as opções para indústrias são bem grandes.

Yokohama com filhos
Ser estrangeiro em um país onde você ainda não domina o idioma, e quando esse país é o Japão, as coisas podem se complicar um pouco se você mora em uma região onde não tem muitos estrangeiros.

Como já citei, Yokohama é uma cidade que abriga estrangeiros de diversas partes do mundo, o que me deixa em uma situação mais confortável para arriscar.

Os japoneses são extremamente educados e quando ocorre a junção de educação + maior receptividade, fica uma maravilha.

Aqui é ótimo para morar com crianças porque o melhor do Japão está aqui: cultura, lazer, bons médicos, segurança e nativos mais receptivos a você.

Transporte Público
Eu fico sem palavras para e expressar o quanto o transporte público daqui funciona.

Em todos os pontos de ônibus você vai encontrar tabela de horários. E o ônibus realmente vai passar no horário indicado! Você paga a condução logo na entrada para uma maquininha inteligente. E se você não tiver trocado, não será um problema, porque a maquininha calcula o valor e devolve seu troco. Não há cobradores nos ônibus!

Outra forma de pagar o bus ou trem, é com cartão pré pago. Muito comum o uso desse tipo de cartão por aqui.

Preciso falar sobre o trem?

No Brasil eu sempre associei trem a pobreza, porque vamos combinar que trem no Brasil só tem em lugar top ne? Pelo menos em Sao Paulo era assim até alguns anos atras. Hoje vem mudando para a nossa sorte, mas até lá, vou restringir meus comentários somente aos trens do Japão.

A educação aqui é surreal, e ainda bem, ela contagia! Aqui para entrar no trem, você forma uma fila na lateral da porta, espera o último passageiro sair. E aí você entra!
Mas e aí, como utilizar o transporte público se você não sabe japonês?

Google maps, meu amor!

Ele te dá o tempo de percurso, opções de transporte e horário. Eu amo a tecnologia!!

O que fazer em Yokohama?

Aqui é uma cidade onde o lazer não tem fim, mas se você veio a turismo, vou listar os principais pontos turísticos que você não pode deixar de visitar!

Minato Mirai

Grande concentração comercial, shoppings e hotéis.  É aqui que você  também encontra o famoso Cosmo World Amusement Park.

Minato Mirai é um lugar onde você poderá passar vários dias e não ficará entediado.

China Town

Autêntico bairro chinês, com muita variedade de pratos típicos e diversas lojinhas de souvenirs.  É tudo muito bem organizado.  Um verdadeiro pedacinho da China no Japão.

Landmark Tower

Com 296 metros de altura e uma área de quase 400 mil metros, esse é o prédio mais alto de Yokohama.

4060689930_3b53f70aff_o

Red Brick

Lindo edifício do sec. 19, que funciona hoje como centro cultural e comercial.  São dois edifícios, onde o primeiro é utilizado para exposições culturais e o segundo abriga um grande shopping center e uma galeria de restaurantes.

15847658615_5e3bf5dd09_z

Museu do Cup Noodles

Além de conhecer a historia do surgimento do primeiro macarrão instantâneo, você pode fazer o seu.  Desde a massa até a personalização do copo.

O museu conta com uma área infantil muito divertida e com restaurante próprio, onde é vendido macarrão do mundo todo e tem até sorvete de cup noodles.

10017804575_77d43ed5e3_z
E aí, ficou com vontade de conhecer?

Some content on this page was disabled on April 20, 2019 as a result of a DMCA takedown notice from Sami Hurmerinta. You can learn more about the DMCA here:

https://en.support.wordpress.com/copyright-and-the-dmca/

Minhas primeiras impressões sobre o Japão

Caro leitor, pode até parecer engraçado, mas minhas primeiras impressões sobre o Japão foram chocantes!  E apesar de hoje estar mais habituada, algumas coisas ainda se parecem estranhas para mim.  E apesar de adorar viver aqui, achei que era hora de escrever sobre isso!

Analfabeta com grau superior.

É assim que me sinto aqui quando preciso fazer algo simples como pegar um ônibus ou ir ao correio enviar uma correspondência.  Aqui a escrita é predominantemente em hiragana, katakana e kanjis, ou seja, para mim…6691289323_e0e28578af_m

 

 

 

Que só meus filhos fazem barulho.

Sério, não sei qual o segredo dos japoneses, e espero descobrir em breve.  As crianças daqui são super mega-educadas.  Elas não gritam, não fazem barulho, não brincam na rua, não fazem birra e cumprimentam as pessoas em voz alta.  Até os bebezinhos daqui são calmos e não choram.

8750690255_66daa63738_z

Que todo mundo aqui é magro.

Se você vestir G ou GG do Brasil e calçar a partir do tamanho 38, se prepara para o drama na hora de comprar roupas e calçados.  Por aqui os japoneses são muito magros, o XL deles equivale a praticamente um M/G do Brasil.  E se você for um pouco alto, também terá problema.  Roupas e calçados só em lojas padrão americano, o que dependendo da região que você mora, pode ser difícil de encontrar.

yukata-2784565_960_720

Os japoneses são atletas!

Faça chuva ou faça sol, frio ou calor, eles estão por todos os lugares, correndo!  Gente isso é uma coisa que sinto inveja!

6394057385_42659b4278_b

Tem uma pele maravilhosa e nunca aparentam a verdadeira idade.

Aqui é assim, quando você pensa que é adolescente já tem 40 anos e 3 filhos. E aqueles que aparentam ter 60, já estão nesse mundo há mais ou menos 2 séculos!!

Brincadeiras a parte, isso é algo realmente admirável, pois é um dos poucos países que tem o maior número de idosos ainda na ativa!

5453518028_d304cda330_z

Os doces que não são tão doces!

Aqui no Japão nada é tão salgado e nem tão doce, e para nós que estamos acostumados ao brigadeiro, leite condensado e nutella, isso pode doer um pouco!

E ver doce de feijão, dói um pouco mais…

Nas minhas primeiras semanas eu senti falta demais de doce.  Nada saciava a falta daquela overdose básica de açucar que estamos acostumados. Já estava desesperançosa, até que me lembrei que tinha trazido uma goiabada do Brasil.  Comi quase que sozinha, e nem gosto tanto de goiabada assim… Hoje já estou mais adaptada e confesso que agora estranho um pouco quando como algo muito doce.

5405990686_a0d3943f18_z

O churrasco!

Meu Deus! Que vontade de chorar quando vi aquela churrasqueira.  Fiquei até com dó de comer e fazer meus companheiros de festa passarem fome, porque juro, comeria ali facilmente sozinha…Mas enfim,  o churrasco deles consiste em muita verdura e pouca carne.  E para a tristeza de quem é brasileiro, não tem picanha.

2591700360_f69b5dbeb1_z

Se vestem como personagens de mangá

E sim, é verdade! Para os japoneses sair vestido de fantasia é tão normal quanto jeans e camiseta.  Aliás, para eles é super normal sair do jeito que você quiser.  Um cabelo roxo com rosa? Tá bom!  E sair de pijama? Tá bom também!!!

4000855110_eee6b98bb0_z