Mexa-se

Cuidar da saúde tem sido uma preocupação cada vez maior. Frequentemente pensamos em começar a praticar alguma atividade física, mas às vezes nos sentimos desmotivadas achando que academias de ginástica é ambiente apenas de pessoas musculosas e saradas.

Nesse vídeo eu mostro que academia é lugar de todos, inclusive de gente como a gente!!!

Clique na foto e assista ao vídeo!!!

Beijos,

Juju Nômade

Anúncios

Estudar depois dos 30??

Vocês lembram que estava pensando em fazer algo diferente da vida?

Então, gosto de escrever e de falar, mas tem coisas que quando a gente escreve não sai igual falando e vice-versa.

Aí, nada mais legal (eu acho), do que unir meu Blog ao meu canal do Youtube.

Nesse vídeo eu conto como foi estudar após ser mãe de dois filhos e após os 30.

Assistam o vídeo e se gostarem, curtam e se inscrevam no canal . Clique na imagem abaixo para ser direcionado ao vídeo😘Clique na imagem para ser direcionado ao vídeo

Maternidade e Recomeço

Olá queridos leitores!

Já mencionei aqui o quanto fico feliz quando alguém lê meus textos?

Me sinto bem importante quando isso acontece, porque escrevo com todo meu sentimento e carinho!

Só que decidi fazer um pouquinho diferente no blog. Então além de pequenos textos, vou deixar registrado meus sentimentos e minhas palavras em vídeos!

Bom, então vou começar contando um pouquinho de como essa ideia surgiu, e depois, peço que assistam o vídeo para entenderem um pouco mais.

Sou mãe de dois, casada, feliz, porém desempregada! E isso tem me incomodado muito nos últimos anos.

Por outro lado, vivo praticamente em função do trabalho do meu marido.

Primeiro porque ele viajava demais, e eu não tinha como trabalhar e terceirizar totalmente a criação dos meus filhos e também porque na realidade eu não conseguia emprego porque empresas são super preconceituosas com mães.

A impressão que tenho é de que todos ali são filhos de chocadeira, pois quando eu falava que tinha dois filhos pequenos, a resposta era sempre a mesma: Entraremos em contato! Só que o contato nunca acontecia.

E pra completar, nos últimos 3 anos, meu marido passou por duas transferências de trabalho, o que dificultou um pouco mais a minha vida profissional.

E já que eu sou brasileira e não desisto nunca, decidi que esse ano faria algo diferente, que ocupasse meu tempo e quem sabe, distrairia outras pessoas além de mim. E como gosto de escrever e de falar, criei esse Blog e o meu canal no YouTube. Não ganho dinheiro, mas mantenho minha mente ocupada. E de quebra, aprendo muito e conheço varias pessoas!

Puxa, isso é tão legal!!!

Deixo agora um vídeo que eu mesma criei o roteiro e fiz a edição. Então não esperem nada profissional, ok?

É só clicar na imagem para ir direto ao vídeo! E se gostarem se inscrevam lá no canal. É bem fácil e vocês me ajudam muito quando fazem isso!!

Beijos no coração!

Uma Youtuber iniciante

IMG_3405.jpgO que é ser um youtuber iniciante?

Para assistir o vídeo, clique no link: Youtuber Iniciante

Ser um youtuber iniciante é gravar vídeos preocupados em como você fará a edição;

É não ter dinheiro para uma câmera boa e nem para comprar bons editores;

Ser youtuber iniciante é não saber editar vídeos direito!

É ver os thumbnails dos outros canais e morrer de inveja.

É pensar,  como eles fazem pra ficar tão legal?

É postar cada vídeo pensando no que seus familiares e amigos vão pensar, afinal são apenas eles que te assistem.

Ser youtuber iniciante é querer que seu vídeo viralize, para que você ganhe dinheiro e fique muito famoso;

É imaginar os vídeos que você fará de recebidos, só que por enquanto, você não recebe nada, nem likes!

Ser youtuber iniciante é descobrir que você precisa ter 1000 inscritos e 4 mil horas de visualizações de vídeos para poder entrar no páreo.

E aí você pensa, é fácil!

Só que logo descobre que não é, quando passa uma semana e você ainda só tem 9 inscritos.

Ser youtuber é aprender uma coisa nova todos os dias sobre edição

Ser youtuber é aprender a fracassar e também a não desistir

Porque afinal de contas você já sabe que toda história de sucesso começa com grandes fracassos e já que disso você  entende,  está a meio caminho andado!

Esse texto eu fiz só para avisar que estou criando um canal.

Então  cliquem aqui , para assistir aos meus primeiros videos de teste.

Se inscrevam, ativem o sininho e me ajudem a divulgar.

Comentem o que vocês gostariam de saber ou ver sobre o Japão que eu vou correr atrás para mostrar!!

Beijos no coração e fiquem com esse vídeo que fiz com o maior carinho!!!

Mudanças

2005916906_16bef3191a_z

Eu adoro mudanças, elas sempre vem cheias de novidades e esperanças.

Renovação, recomeço.

Novas chances e oportunidades.

Nessa minha meia vida, eu já me mudei um bocado de vezes.

Eu já me mudei algumas vezes dentro de São Paulo, já morei no interior, já morei no Amazonas e em Sergipe.  E agora moro no Japão.

E embora as vezes seja um pouco cansativo, na verdade eu amo me mudar!

Se eu pudesse eu me mudaria ao menos uma vez ao ano.

E se não tivesse filhos, talvez duas.

São tantos lugares para conhecer, tantas pessoas para encontrar.

As vezes tenho a sensação de que preciso viver mil vidas ainda nesta vida.

Eu quero ser tudo, eu quero ver tudo, eu quero desbravar o mundo!

Mas em meio a tantas mudanças, eu também mudei!

Eu mudei minha forma de amar,

Minha forma de pensar,

Mudei meu estilo, meu corpo, meu cabelo

Minha aparência também mudou

Mas o que mais mudou mesmo, foram os meus valores.

Hoje eu não vejo mais a cor da pele, ou o formato dos olhos ou a cor do cabelo,

Eu enxergo apenas a  pessoa.

Eu não reparo mais na bolsa que alguém carrega, ou o tênis que ela tá usando.

E muito menos no carro que a pessoa tem.

Eu reparo mesmo é na sua trajetória, na sua história, no que ela tem pra me mostrar, me oferecer, me ensinar.

E quanto aos meus bens materiais?

Como carrego na mudança?

Bom, eu junto o que dá em caixas, o resto na mala…

Mas o mais importante, eu carrego no meu coração!

E embora, as vezes solitária

Mudar me faz pensar e também valorizar

As amizades que fiz, as pessoas que encontrei,

A família que nasci, e a família que criei!

Não leve a vida tão a sério!

27653380_1824656104213244_1064293247_oVocê passa a vida sonhando com seus projetos, mas na hora de tirá-los do papel tem medo do que pode dar errado, ou fica com medo do que as pessoas podem pensar?  Se arrepende de coisas do passado, principalmente das oportunidades que perdeu?  

Você já parou para pensar que somos os piores sabotadores de nós mesmos?

Outro dia, eu fiz um vídeo para colocar no youtube.  Na ocasião eu achei o vídeo super legal e fiquei orgulhosa de mim.  Quando eu ia compartilhá-lo no facebook com meus amigos, escrevi a seguinte legenda:

A louca, a ridicula, a la blogueirinha, palhaça, nao tem o que fazer, vai arrumar um emprego de verdade, puta que pariu, nada a ver, zuada, se toca…

Após feito isso, eu imediatamente deletei o vídeo e fui tomar banho.

Quando finalmente eu já estava mais relaxada e os pensamentos começaram a fluir melhor, eu pensei na bobagem que eu estava fazendo.

E não estou me referindo ao vídeo, mas sim aos  pensamentos julgatórios que estava tendo comigo mesma.

E por um momento eu pensei:

Por que estou sendo tão severa comigo?  Porque estou sendo tão exigente? Eu fiz o vídeo, eu queria fazer.  Foi algo que me deu muito prazer, me diverti, me distrai, me senti bem, pois eu estava passando exatamente a mensagem que eu queria naquele vídeo.  Mas na hora de mostrar isso para as pessoas, eu me senti ridícula, acoada, amedrontada e desisti!

E quantas vezes desistimos das coisas com medo do que os outros irão pensar?

E foi aí que eu cheguei a conclusão:

Você é o seu pior sabotador!

Ao longo da nossa vida, pensamos e criamos várias situações em nossas cabeças.

É natural que a gente imagine o futuro, ou pense como poderíamos ter agido no passado.   Mas o problema é que continuamente esquecemos ou não damos a devida importância ao presente.

E muitas, incontáveis vezes, deixamos de vivê-lo!

E o nome disso é medo!

É exatamente disso que estou falando! Quantas vezes você deixou de realizar algo hoje, com medo do que as pessoas pensariam depois?

Esses medos na verdade nada mais são do que pré julgamentos, pré-conceitos  que você já desenhou na sua mente.

Será que esses julgamentos são reais ou estão apenas na sua cabeça?

Pode ser que sim, pode ser que não…

Para evitar críticas, não faça nada, não diga nada, não seja nada.

Elbert Hubbard

Em outras palavras, o que o poeta Elbert Hubbard queria dizer era que você pode levar uma vida sem julgamentos e em troca disso você não terá vivido.

E eis aqui a minha conclusão:

Eu não quero uma vida séria, uma vida de credibilidade, uma vida onde as pessoas me aplaudam. 

Eu quero uma vida onde eu sinta orgulho do que eu faço. 

Onde eu possa passar por ela e sentir todas as suas emoções. 

Eu quero sentir a alegria de amar e também a dor da perda. 

Eu quero sentir o fracasso para agradecer quando tiver o sucesso. 

Eu quero sentir a vergonha, para dar risada depois. 

Eu quero cair para sentir o gosto da vitória ao me levantar. 

E eu não quero levar a vida a sério, eu quero levar a vida na brincadeira, porque já que não sairei dela viva, vou ao menos sorrir!!