Fracassos da maternidade

7987890569_d241095e46_o

Como mães, tendemos a nos sentir culpadas por todos os fracassos da maternidade, sendo culpa nossa ou não.  E o que não faltam são matérias em revistas e em sites na internet para nos instigar a possuir tais sentimentos. 

Quando o assunto é sobre comportamentos dos filhos então, é só procurar que você vai encontrar um milhão de manuais e guias de como educar seu filho.

Só que na minha humilde opinião, esses livros servem apenas para nos dar um direcionamento, porque quando tentamos colocar o que está escrito nesse manual em prática quase nada funciona! Aí primeiro ficamos com muita raiva do autor, e depois nos frustramos. Nos sentimos la peor madre de todas!

Mas calma que não é bem assim!

Quem nunca gritou descontroladamente com seu filho e deu uma de louca varrida, que atire a primeira pedra!

Não vamos nos julgar gente!

É normal que você se sinta assim depois de se ajoelhar pra ficar do tamanho do seu filho e conversar de igual pra igual, para que a criança se sinta segura e entenda que o que você esta dizendo é o melhor pra ela, ( repetidas vezes e não da certo).

Ou quando colocou o seu filho no cantinho do castigo para pensar e a criança saiu de lá pior e mais descontrolado do que entrou!

Ou tirou o brinquedo preferido como castigo, pois cada ato tem uma consequência, mas devolveu o brinquedo depois de 5 minutos para que a criança parasse de gritar? Afinal mais vale uma palavra jogada ao ar do que muitos gritos na sua orelha!

Ou pior, rezou o pai nosso, ave maria e a bíblia completa antes de sair de casa, mas mesmo assim, seu filho aprontou todas e mais um pouco, te deixando envergonhada, desvalorizada e sem dignidade na frente de conhecidos e desconhecidos?

Ou quem nunca se imaginou largando seu filho na estrada (como fez aqueles pais japoneses), para dar um susto neles e assim eles perceberem o quanto são abençoados por serem seus filhos e nunca mais na vida fazer uma malcriação?

Ou se arrependeu amargamente por ter se tornado mãe e depois se arrependeu amargamente e mortalmente por tais pensamentos indignos de um ser-humano e se culpou ainda mais?

Não somos de ferro e perder as estribeiras (com moderação) é bem normal!!

Acordamos sem hora pra escovar os dentes e as vezes saímos com aquele coque do dia anterior no cabelo.  As vezes com esmalte descascado, de cara lavada e as vezes até  com a roupa suja, (ok, talvez só eu faça isso!), mas porque vivemos tanto para nossos filhos que nos esquecemos um pouco da gente.  E sim! Somos seres humanos e somos mulheres, o que piora nossa situação, pois estar bonita e bem arrumada é uma obrigação  imposta pela sociedade para nosso gênero!

Eles são nossos tesouros? São!

São nosso bem mais precioso? São  também!

Mas para tudo na vida existe um limite.

E talvez, talvez viu gente, porque não sou guru de nada, talvez, o segredo de uma maternidade bem sucedida, seja estabelecer limites entre a mãe e a mulher.

IMG_2274.jpg

Porque quando tiramos um tempo pra gente, pra fazer qualquer coisa para nós mesmas e paramos de ser 100% mãe, nos sentimos mais felizes e passamos isso para as crianças. Então meu conselho é que você seja mais egoísta.

Delegue tarefas!

Deixe os filhos com o marido um dia inteiro! Faça coisas por você, para você e esqueça por algumas horinhas a maternidade.

Quando você voltar, você já estará cheia de saudades e pronta para a próxima etapa!!

Além do mais, vai ser super divertido encontrar o marido acabado, estrupiado e estérico esperando o seu retorno.  Aí você pode perguntar para ele o seguinte:

(Alerta para texto irônico)!!!

-Oi amor o que você fez hoje? Só ficou em casa?  Credo, porque você tá tão estressado? Ficou em casa o dia todo e tá cansado? Eu hein! Homem maluco!!!

Chora não papai!!!

Anúncios

Autor: Juliana Alves

Pedagoga, casada e mae de 2 filhos lindos, vive uma vida louca de mudanças por causa da carreira do marido. Como uma boa pisciana, sonhadora, distraída e muito comunicativa, decidiu que criaria um novo blog, um canal no youtube e se reinventaria em uma nova profissão! Como ainda está trilhando novos caminhos e traçando metas, ainda não descobriu muito bem qual é a sua. Só uma coisa é certa: ela tem muitas historias pra contar!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s